fbpx

Umidade e cabelo: como vencer essa guerra?

A umidade é sempre uma vilã para os cabelos.

Afinal, ela é a responsável pelo temido frizz, que incomoda tanto as mulheres com as madeixas lisas como as cacheadas e crespas.

Mas não é só. Muitas pessoas não sabem, mas a umidade, quando em excesso, também é capaz de prejudicar a estrutura do fio. E com a chegada do verão, com o clima mais quente e úmido, é preciso redobrar a atenção e os cuidados com os cabelos.

Quer saber mais e descobrir como blindar os seus fios contra a umidade? Continue a leitura!

Umidade e cabelo: qual a relação?

O primeiro ponto é compreender exatamente de que maneira a umidade afeta os cabelos. Na prática, ela faz com que as cutículas capilares se abram e se fechem continuamente, o que leva à perda de nutrientes e matéria capilar.

Além disso, nos dias mais úmidos, é normal notarmos um pouco mais de frizz. O que acontece, nestes casos, é que a umidade do ar passa a reagir com as ligações químicas do hidrogênio presentes em cada fio de cabelo – essa reação deixa as madeixas mais “rebeldes”, aumentando o frizz.

Os riscos do cabelo molhado

Além da umidade natural dos dias de verão, muitas mulheres têm maus hábitos que também podem causar problemas, como dormir com o cabelo molhado ou prender os fios ainda úmidos, evitando que eles sequem como deveriam.

Esse costume pode acarretar danos sérios à saúde do seu cabelo. Um deles é a caspa. Ela surge devido à reprodução de fungos no couro cabeludo – e que só aparecem caso haja um ambiente propício, no caso quente e úmido.

Outra consequência é o aumento da quebra e da queda. Afinal, manter os fios úmidos por muito tempo acaba enfraquecendo o cabelo. Se você tem o costume de prender os cabelos molhados, a situação pode ser pior. Isso porque há mais chances de enfraquecer a raiz, facilitando à queda.

Não se esqueça também de NUNCA usar a chapinha com os fios molhados ou úmidos. Além de desidratar o fio, o uso incorreto ocasiona a fragilidade capilar, levando à quebras e queda.

Como evitar os males causados pela umidade nos cabelos?

Agora que você já entendeu melhor a relação entre umidade e saúde capilar, ficou mais fácil pensar em medidas de se proteger dos danos, não é mesmo?

A mais simples é evitar dormir com os cabelos molhados e, claro, nunca prender os fios úmidos ou usar a chapinha neles. Sempre espere os fios secarem bem antes de ir se deitar.

Frizz e volume

Já para evitar o frizz e os danos dos dias úmidos, a dica é investir em produtos que tenham a capacidade de selar as cutículas capilares e restaurar a massa perdida, como aqueles com queratina, óleos naturais, etc. Hoje no mercado é possível encontrar linhas anti-umidade que funcionam muito bem para criar uma capa protetora no fio e evitar os danos.

Agora se você sofre com o volume indesejado nos dias mais úmidos, existem alguns truques que podem ajudar. O primeiro é reduzir o aquecimento do secador, usando um jato morno para estilizar os fios e finalizando com um jato frio. Esse contraste de temperatura também ajuda a selar as cutículas.

Outra ideia é investir em penteados como coques e tranças que costumam durar o dia todo e impedem que o frizz apareça. Mas, claro, sempre faça o penteado com os fios secos.

Cuidados constantes

Não se esqueça de manter os cuidados com a saúde dos seus cabelos. A nutrição é uma etapa muito importante para quem sofre com o frizz excessivo e ajuda a criar uma cutícula protetora, impedindo a ação da umidade.

Com essas dicas, ficou mais fácil encarar os dias úmidos do verão e manter os seus fios bonitos e saudáveis? Então compartilhe as nossas dicas com as suas amigas!

Espalhe Geral: