Técnicas de finalização para cachos e crespos

Veja essas 7 ideias e encontre a ideal para os seus fios!

Não importa se você está passando pela transição capilar, ou se apenas deseja valorizar ainda mais a curvatura natural do seu cabelo, a verdade é que as técnicas de  finalização fazem muito sucesso entre as mulheres cacheadas e as crespas.

Por isso, conhecer algumas delas nunca é demais, não é mesmo? Separamos algumas ideias que você precisa conhecer (e testar). Vem conferir com a gente!

1. Fitagem

É de longe a técnica de finalização mais conhecida e usada tanto para cachos como para crespos. E isso não é por acaso, afinal ela possui algumas vantagens como: mais definição, um bom day after e facilidade na hora de aplicar o método.

Uma boa fitagem começa com os fios desembaraçados (usando um leave-in) e sendo divididos em seções na parte inferior, superior e laterais. O ideal é iniciar pela parte debaixo do cabelo, separando mechas bem finas, aplicando o leave-in, penteando com os dedos (da raiz até a ponta) e separando as mechas como se fossem fitas (daí o nome da técnica).

Quando chegar na ponta, empurre os fios para cima, amasse e vá formando cachos. Repita o procedimento em cada uma das partes divididas do cabelo, lembrando que quanto mais finas forem as mechas, mais definição você terá.

Para finalizar, você pode aguardar o cabelo secar naturalmente ou usar um difusor.

bobby-rodriguezz-625216-unsplash

2. Fitagem estruturada

É uma variação da técnica anterior, capaz de deixar os cachos ainda mais definidos, mas com menos volume.

Tudo começa com a lavagem do cabelo e a divisão em quatro (igual no método anterior). Nessa técnica, o ideal é começar pela nuca e ir massageando a mecha usando uma pequena quantidade de óleo capilar.

Quando terminar, use um spray ou creme de pentear com uma textura mais leve e passe na raiz. Na extensão do fio, você usará o leave-in do mesmo jeito da fitagem tradicional – mas o ideal é separar o cabelo em mechas ainda menores.

Depois que o cabelo estiver seco, você poderá aplicar um ativador de cachos nas pontas. Isso fixará ainda mais as ondas.

Se você gosta de definição, mas não quer perder volume, poderá soltar a raiz com pente garfo ou usando os dedos e balançar bastante a cabeça para frente e para trás, deixando os fios mais soltos.

3. Plopping

Das técnicas de finalização, o plopping é uma das mais simples. Com essa técnica, você consegue definir e reduzir o frizz, ajudando a secar o cabelo.

Depois que você fizer a lavagem e hidratar, aplique um creme de pentear nos fios molhados. Use uma toalha ou camisa de algodão (a toalha normal gera muito atrito nos fios e aumenta o frizz) e vá amassando o cabelo retirando o excesso de água.

Em seguida, coloque o pano sobre a cama e jogue os fios por cima dele. Enrole as laterais do pano como se estivesse enrolando um bombom e amarre as pontas atrás, como se formasse uma touca. Fique assim por mais ou menos uns 20 minutinhos e pronto!

Se você quer um resultado mais “potente” em termos de definição, poderá fazer a fitagem antes de enrolar o cabelo na toalha de algodão.

4. Finalização no banho

Está com pressa e sem tempo para todo o ritual das técnicas de finalização tradicionais? Não tem problema, porque dá para ter cachos lindos bem rapidinho!

Depois de usar o shampoo e o condicionador, retire todo o excesso de água e aplique o creme de pentear (sem se preocupar muito se todas as mechas receberam o produto) e prenda o cabelo.

Quando sair do banho, faça uma fitagem superficial separando o cabelo em mechas mais grossas, usando um pouco de gel. Deixe secar naturalmente ou use o difusor. Pronto, você terá um cabelo com cachos mais naturais e volume.

Screen Shot 2018-07-03 at 12.10.17

Outra opção ainda mais rápida é depois de tirar o shampoo, aplicar uma quantidade mais generosa de condicionador. Antes de retirar o produto, faça uma fitagem rápida com mechas grossas, amassando o cabelo. Em seguida, molhe o cabelo rapidamente para retirar o excesso de condicionador e termine amassando com uma toalha de microfibra ou uma camisa de algodão.

5. Técnica GOC

Para fazer essa técnica você precisará de: óleo de umectação, gelatina e creme para pentear. Ela é mais indicada para os cabelos cacheados, mas pode ficar bacana também no crespo.

Comece lavando o cabelo e tirando toda a umidade. Depois, coloque um pouquinho de óleo nas mãos e passe nos fios. Divida o cabelo em partes e aplique a combinação de gel e creme em todo o comprimento. Finalize, amassando um pouco os fios.

6. Técnica LOC

É a técnica perfeita para aqueles dias de day after terríveis (ou seja, quando o seu cabelo amanhece sem definição e todo bagunçado).

Para fazer essa técnica você precisará de um Líquido, Óleo e Creme (daí o nome LOC), ou seja, consiste em misturar em um borrifador o três elementos o líquido (água filtrada), um óleo vegetal e um creme de pentear ou multifuncional.

Comece usando um borrifador e molhe o cabelo, amassando o comprimento com a mão. Na sequência, aplique o óleo mecha por mecha. Aguarde uns 5 minutinhos e então aplique o creme de pentear para finalizar da forma que você preferir.

Screen Shot 2018-07-03 at 11.17.57

7. Ranke and Shake

É bem parecido com a fitagem simples. Na verdade, você seguirá todos os passos que já explicamos para essa técnica. Mas, depois de fazer as fitas, você estica os fios e balança, segurando pelas pontas. Essa técnica faz com que as fitas se soltem naturalmente uma das outras, produzindo cachos mais largos.

E, então, já conhecia essas técnicas de finalização para cachos e crespos? Aproveite e compartilhe as nossas dicas com as suas amigas!

Espalhe Geral: