Crescimento saudável dos fios - Yamasterol

Crescimento saudável dos fios

Dicas essenciais para o “Projeto Rapunzel”

Os cabelos longos são um desejo de muitas mulheres. Mas nem sempre as madeixas parecem “colaborar” com essa vontade. Além de paciência, é indispensável ter outros cuidados para garantir o crescimento saudável dos fios.

Está iniciando o seu “Projeto Rapunzel” e não sabe como potencializar o crescimento do seu cabelo? Confira as dicas e informações importantes que separamos!

Analise o seu cabelo

Muitas vezes temos a impressão de que o nosso cabelo está crescendo mais devagar do que o normal.

Isso pode acontecer, basicamente, devido às quebras. Se o fio estiver muito longo e fragilizado, as ações do dia a dia (como pentear ou secar com secador) podem acabar fazendo com que as pontas fiquem mais quebradiças, dando a impressão de que o cabelo não cresce.

Além disso, outras questões podem estar influenciando no crescimento do seu cabelo. Em geral, esse ritmo é determinado pela genética e pela saúde da fibra capilar.

Assim, busque a orientação do seu cabeleireiro para que ele faça uma avaliação completa da saúde do seu fio e também do couro cabeludo. O profissional observará várias questões e poderá lhe indicar os melhores tratamentos baseados na necessidade do seu cabelo.

Escolha um shampoo adequado

Escolher corretamente o shampoo faz toda a diferença no crescimento saudável dos fios. Afinal, se o cabelo não estiver forte o suficiente, ele não aguentará o processo de crescimento e acabará se quebrando com facilidade.

A primeira dica é entender as necessidades e características do seu cabelo. Por isso, pense se ele é ressecado, oleoso, misto ou normal. Depois avalie outras características como: cabelo liso, cacheado ou crespo, presença de tinturas e químicas, descolorações frequentes etc.

Com essas informações, será mais fácil encontrar o shampoo certo para o seu cabelo. No caso dos fios mais ressecados, como os crespos e cacheados, ou que passam por ações químicas com frequência, a dica é optar pelos shampoos perolados ou leitosos.

Isso porque, eles costumam contar com mais agentes condicionantes na sua fórmula e não retiram a oleosidade de forma muito brusca do couro cabeludo. Já quem sofre com a oleosidade, ou tem pouco cabelo e fios finos, precisa investir em shampoos mais transparentes – que não pesam no cabelo e favorecem a limpeza adequada e a saúde do couro cabeludo.

E, claro, nunca se esqueça de usar o condicionador após a lavagem para selar as cutículas!

Trate os fios com regularidade

Para um crescimento saudável dos fios é indispensável que eles estejam fortes o suficiente, sem quebras. Por isso, você precisa pensar em um cronograma de tratamento, oferecendo todos os itens de que seus cabelos necessitam.

Novamente, é preciso entender muito bem as características dos seus cabelos. Quem tem os fios virgens, ou seja, sem nenhuma tintura ou tratamento químico, pode trabalhar com máscaras de hidratação semanalmente, de nutrição a cada 15 dias e de reconstrução 1 vez ao mês.

Já as mulheres com os cabelos tratados quimicamente, que usam muita chapinha e secador ou pintam os fios, podem ter necessidades diferentes. Se você está notando que seus cabelos estão porosos e muito quebradiços, este é o momento de investir em uma boa máscara reconstrutora.

Para os cabelos cacheados, a nutrição é indispensável (assim como no caso das mulheres que sofrem com os fios mais ressecados). Além das máscaras nutritivas, opte por shampoos e condicionadores com uma limpeza mais suave e com óleos na sua formulação.

Outra dica é prestar atenção no estado do seu cabelo. Se ele está muito fragilizado, fino, com pontas duplas e sofrendo com as quebras, o ideal é dar um tempo nas agressões, deixando de usar o secador e a chapinha por um período e reduzindo as químicas, tinturas e descolorações.

Cuide do couro cabeludo

O couro cabeludo é o mais importante para o crescimento saudável dos fios. Apesar disso, nem sempre damos a ele a atenção necessária. Caspas, fungos, excesso ou falta de óleo e até não retirar adequadamente os produtos podem interferir no funcionamento e no equilíbrio do couro cabeludo.

Uma ideia simples, mas que pode ajudar, é realizar massagens frequentes no couro cabeludo. Essa massagem pode ser feita durante a lavagem e ajuda a estimular a circulação sanguínea local, favorecendo o crescimento dos fios.

Caso deseje potencializar os efeitos, use junto da massagem um esfoliante capilar. Assim, você garante que o couro ficará mais limpo e também que ele conseguirá absorver melhor os ingredientes das fórmulas do shampoo e dos itens de tratamento.

Outro ponto importante é evitar lavar os cabelos na água muito quente. Isso porque a temperatura elevada faz com que o couro cabeludo produza mais óleo, deixando os cabelos oleosos, obstruindo os poros e dificultando o nascimento de fios novos.

Quando for secar os cabelos com o secador, evite deixar o ar quente muito próximo do couro cabeludo e seque apenas no comprimento dos fios.

Cuidado com os penteados

Se você tem o hábito de fazer rabos de cavalo ou coques presos com muita força, cuidado! Esse costume pode facilitar a quebra e afetar o crescimento. Isso tudo devido à força de tensão colocada para puxar as mechas e ao peso dos cabelos.

O resultado é uma queda acentuada na região frontal, além de lesões nos folículos capilares.
O mesmo cuidado vale para quem costuma prender os cabelos molhados ou úmidos antes de dormir. Essa ação favorece à quebra e pode até causar uma proliferação de fungos no couro cabeludo. Então, sempre seque bem os cabelos antes de dormir e nunca os prenda ainda úmidos.

Atenção à sua saúde

Por último, lembre-se que uma saúde desregulada também afeta o crescimento dos fios. Problemas hormonais, nutrição inadequada, anemia, uso de medicamentos, gravidez, menopausa e outras diversas situações interferem na velocidade de crescimento dos fios, na queda e na quebra capilar.

Se mesmo com essas dicas, o seu cabelo não cresce e anda ficando mais ralo que o normal, procure um médico.

Além disso, não se esqueça de caprichar na dieta, incluindo alimentos que favorecem o crescimento capilar como: boas fontes de proteínas (em especial os peixes ricos em ômega 3), ovos, iogurte, abacate, amêndoas, entre outros.

Com todas essas dicas, ficou mais fácil garantir o crescimento saudável dos fios? Então compartilhe este post com suas amigas nas redes sociais!

Espalhe Geral: